Vingadores Guerra Infinita – Maior Fenômeno do Ano Chega ao Home Video Maior bilheteria do ano e quarta maior da história chega ao Home Video e motivos para ver e rever não faltam!

5 de agosto de 2018

Atenção! O texto abaixo contém diversos spoilers sobre Vingadores Guerra Infinita!

O maior fenômeno do cinema de 2018 chegou na última semana ao Home Video, agora já é possível adquirir em Blu-Ray ou comprar e alugar em plataformas digitais o arrasa-quarteirão que atingiu a marca de US$2,04 bilhões, tornando-se, desta forma a quarta maior bilheteria de todos os tempos. Lançado em abril nos cinemas, a mais recente aventura dos Heróis mais Poderosos da Terra agora está mais acessível para consumo. E acredite, vale a pena ver (se você é um dos poucos que ainda não tiveram esta oportunidade) e rever o filme evento de 2018!

Vingadores Guerra Infinita é o começo do fim de um plano ousado que a Marvel Studios começou 10 anos atrás. Ao contrário de outros filmes do mesmo estúdio que funcionam sem ter grandes preocupações com as histórias contadas anteriormente, Guerra Infinita requer conhecimento prévio de toda esta história para ser melhor aproveitado. Isso poderia ser um fator complicador para o filme, entretanto com uma base de fãs muito bem montada na última década, o que se observa é uma teia meticulosamente montada que entrega uma grande recompensa para quem acompanhou a saga dos heróis nos últimos anos.

Existem diversas piadas que conectam filmes do começo da saga a acontecimentos recentes na nova aventura: Tony Stark (Robert Downey Jr) convida o mago Wong (Benedict Wong), que acabou de conhecer, para seu casamento (que foi divulgado no fim de Homem Aranha de Volta ao Lar, 2017); Rocket Raccoon (Bradley Cooper) doa um olho roubado a Thor (Chris Hemsworth) e tenta negociar o braço mecânico do Soldado Invernal (Sebastian Stan) durante a batalha de Wakanda (lembrando das sequências de comédia de Guardiões da Galáxia, 2014). Estes momentos tornam a criação do universo ainda mais familiar e coesa.

Por falar em piadas, o humor é um dos pontos fortes do filme. O roteiro é muito bem arquitetado de modo a começar mais leve e engraçado e ir tornando-se cada vez mais sóbrio e pessimista a medida que a tensão do filme vai escalando. Acima de tudo, boa parte das piadas são utilizadas como elementos importantes do roteiro e não apenas simples momentos engraçados que param o filme. Toda a cena de encontro entre Thor e os Guardiões da Galáxia é construída em um tom engraçado, contudo serve para unir dois núcleos até então totalmente distantes. Outro momento interessante é o momento em que Thor e o Capitão América (Chris Evans) brincam com seus visuais durante uma cena de batalha, aparenta ser uma piada solta, mas na verdade mostra toda a conexão e felicidade de amigos que se reencontram.

Thanos: o titã louco sabe muito bem o que quer!

Guerra Infinita também será marcado por ser um filme que contou a saga de um vilão. Thanos (Josh Brolin), que foi sugerido desde a primeira fase de filmes da Marvel, tem um filme para chamar de seu. Toda o arco da história é contado através do objetivo do vilão, e neste momento a Marvel responde mais uma vez aos seus críticos: Thanos é um vilão de impacto e que não será esquecido! Na sequência inicial ele já mostra para que veio ao matar o então principal vilão (ou anti-herói) do estúdio, e isto é só o começo. Brolin interpreta um personagem determinado, frio e calculista. Não há tempo para pensar e o Titã Louco é capaz de matar a própria filha (o único ser que amava verdadeiramente) para atingir seu objetivo. Encerrar seu filme com a vitória do vilão e seus heróis derrotados, é um ato de coragem da Marvel, mas acima de tudo é algo que só foi possível após anos de acertos.

Do outro lado da história estão os heróis, em uma escala nunca antes vista. São muitos personagens em tela, e o resultado para um filme de menos de duas horas e meia é incrível! Todos têm seu espaço e importância em menor ou maior escala. O ritmo do filme é rápido, denota urgência, e cada núcleo de heróis tem sua função clara e bem executada. Os irmãos Russo, diretores do filme, aproveitam a oportunidade para homenagear e, quem sabe, despedir-se da trinca principal da editora.

Homem de Ferro, Thor e Capitão América são os grandes heróis do filme, inclusive cada um tem seu momento épico de apresentação. Cabe aos fundadores dos Vingadores no MCU (Universo Cinemático Marvel na sigla em inglês) liderar suas equipes em três frentes de batalha que funcionam muito bem. A ideia de separar os heróis podia parecer arriscada antes do filme, mas o resultado mostrou as características individuais de cada um como líder serem muito bem exploradas em suas campanhas.

Gamora e Gamorinha: esse salgado aí é de quê?

Outro destaque no enredo são os Guardiões da Galáxia, pouco conhecidos do grande público antes do lançamento de seus filmes, a equipe espacial é originalmente muito ligada às sagas de Thanos nos quadrinhos (afinal há duas filhas do vilão envolvidas com a equipe). Neste filme eles são muito bem aproveitados seja para os alívios cômicos, seja para o arco dramático. Gamora (Zoë Saldaña) é personagem chave para o desenvolvimento da história e apresenta um arco dramático interessante e complexo, valorizando ainda mais sua atuação.

De maneira geral é difícil eleger um filme como melhor de seu gênero, ainda mais considerando o pouco tempo da estreia. Mas, sem dúvidas, Vingadores Guerra Infinita é o maior e mais ousado filme de heróis já feito. Goste ou não, é necessário admitir que um grande trabalho foi bem feito para chegar até aqui com um filme de tamanha escala tão bem feito. O que nos resta agora é aguardar ansiosamente pelo próximo filme que será lançado em Abril de 2019. Até lá algumas pistas já foram deixadas em Homem Formiga (2018) e serão soltas em Capitã Marvel (Março de 2019), afinal de contas se não houver um universo cada vez mais conectado, não é MCU.

 

Link para o filme no Youtube Movies

Legendado: Clique aqui!

Dublado: Clique aqui!

Nenhum Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *