Arquivos Seleção - Pod(e)Brisar
Guia Definitivo Copa do Mundo Rússia 2018 – Oitavas de Final Guia e palpites dos primeiros jogos eliminatórios
Futebol / 30 de junho de 2018

Após o término da primeira fase da Copa do Mundo a festa acaba e começa o campeonato dos grandes. A classificação final dos grupos gerou um chaveamento muito pesado com 4 campeões mundiais e 1 campeão europeu de um lado, já a segunda parte do chaveamento possibilita uma surpresa na final (ainda que a campeã Espanha seja favorita). De qualquer forma a fase decisiva da Copa promete bons jogos e boas histórias a serem acrescentadas na trilha dos Mundiais. Uma novidade histórica prometida é a estreia da quarta substituição em uma partida. Outra possibilidade interessante é a repetição da final de 1958 entre Brasil e Suécia. Entretanto este sonho parece distante…  Nas próximas linhas vocês conferem a ficha dos jogos e nossos palpites!     França x Argentina Arena Kazan 30-Jun-2018 / 11h00 A França fez uma primeira fase protocolar, sabia que possuía o melhor time e que a classificação viria de qualquer forma. Seu melhor futebol apareceu em vinte minutos do jogo contra o Peru quando garantiu sua vitória. A última partida da primeira fase foi um treino aberto e não é possível tirar grandes conclusões baseado nestes jogos. A dúvida que fica é se os jogadores de grande…

A Pátria de Chuteiras – O Brasil e o Futebol por Nelson Rodrigues Compilado de textos de Nelson Rodrigues é uma ótima dica de leitura no pré-Copa do Mundo
Futebol / 14 de maio de 2018

Se você acessar alguma de suas redes sociais agora, provavelmente vai  deparar-se com alguma suposta frase dita por Olavo de Carvalho, Clarice Lispector ou Arnaldo Jabor. De fato, existe uma casta de escritores/influenciadores que habitam o imaginário popular ávido por compartilhar alguma pílula de conhecimento, sejam elas verdadeira ou não. O “Olimpo ” de pensadores brasileiros frequentemente citados possuí um membro tão provocativo quanto peculiar: Nelson Rodrigues, o anjo pornográfico. Nascido em 1912 no Recife, Pernambuco, Nelson mudou-se para o Rio de Janeiro próximo dos quatro anos de idade. Durante sua infância conviveu com diversas situações típicas do cotidiano dos bairros de subúrbio da então capital federal, muitos destes fatos serviriam como inspiração para seus textos futuros. Alcançou fama por meio de suas obras de dramaturgia como Vestido de Noiva e Bonitinha, Mas Ordinária ou Otto Lara Resende. Nestas obras o autor explora o trágico e o obsceno que acarretaram seu apelido. Mas, em “A Pátria de Chuteiras” (Editora Nova Fronteira, 2013) conhecemos uma outra face de Nelson Rodrigues: o cronista esportivo. Em 150 páginas acompanhamos diversas crônicas escritas e publicadas originalmente nos jornais das décadas de 50, 60 e 70. Apesar de  ser torcedor do fanático do Fluminense (dizia…